Marketing de Conteúdo – Atinja o público certo, potencialize resultados e economize recursos


O problema é que essas técnicas tornaram-se cada vez menos efetivas, a partir do momento que as pessoas começaram a evitar certas interrupções. Tais interrupções resumem-se atualmente às caixas de e-mail que estão repletas de spam, fórmulas milagrosas para emagrecer, vírus, entre diversas outras informações. Ou o Facebook cada vez mais cheio de GIF´s de “Bom Dia”, mensagens motivacionais e propagandas.

Contratar uma equipe de vendedores internos ou uma equipe de telemarketing era certeza de sucesso há alguns anos atrás. Mas hoje com identificador de chamadas nas casas, empresas e celulares, as pessoas atendem quem elas realmente querem. Os consumidores estão cansados de anúncios interruptivos. Os possíveis clientes procuram informações valiosas, ricas e práticas. Assim, você, sua empresa e os profissionais de marketing precisam se readaptar à estas novas realidades.

O ser humano compra de maneira totalmente diferente comparada há alguns anos atrás. E isso irá mudar cada vez mais. O Marketing de Conteúdo é uma estratégia de criação de conteúdo de qualidade, feito para educar, informar ou entreter um futuro ou atual cliente. É um conteúdo que auxilia em todo o processo de compra e ainda gera mais visibilidade e autoridade para sua marca, tudo isso de forma natural e espontânea.

Pode parecer desafiador no início, mas o Marketing de Conteúdo consiste em informar para fazer com que futuramente respeitem a sua marca e a tenha como referência. Hoje, muitos utilizam a internet para comprar e obter informações sobre o que precisam. Muitos consumidores até deixam de ir ao médico, pois conseguem um “diagnóstico completo” colocando seus sintomas no Google. (Por favor, não faça isso!)

Estas informações podem ser encontradas em três principais áreas: Buscadores (por ex: Google, Bing), Sites/Blogs e Redes Sociais. Primeiro, as pessoas procuram informações nos buscadores como o Google. (O Google recebe em média 4 bilhões de pesquisas por dia).

Muitos consumidores preferem pesquisar diversas e diversas vezes ao dia ao invés de ouvir um vendedor, assistir aquele comercial de TV ou ter de ir visitar aquela loja em que um dia já foi mal atendido. É muito mais fácil e prazeroso abrir o computador e encontrar as informações das mais variadas através do Google.

Os sites e blogs também são locais onde os clientes estão buscando informações. Quase todos os segmentos de consumo que você possa imaginar possuem sites ou blogs especializados. Inclusive, responda essa pergunta: Já existe alguém criando conteúdos no seu segmento? Você pode fazer melhor?

A terceira área onde as buscas são realizadas é nas redes sociais, como: Youtube, Facebook, Instagram, Twitter, entre outros. Quem nunca assistiu a um vídeo no Youtube ou pesquisou alguma recomendação de determinado produto nas redes sociais? Isso não é exclusivo somente para os entusiastas da internet ou para os mais jovens que nasceram com um smartphone em mãos.

Atualmente, existem mais de 3,5 bilhões de usuários de internet no mundo. E esse número só tende a aumentar. Agora, para que você consiga ter sucesso com seu negócio/empresa, você precisa estar nos resultados dessas buscas que as pessoas estão procurando. E como você consegue estar no momento dessas pesquisas e influenciar as pessoas para que conheçam e possivelmente comprem seus produtos?

A única maneira de fazer isso é através do Marketing de Conteúdo. Utilizar uma estratégia de Marketing de Conteúdo pode deixar você muitos passos à frente de seu concorrente e levar seu negócio a outro patamar.

E como fazer isso? Primeiramente, você precisa saber quem realmente é seu público. Eu sempre digo que oferecer “shampoo para carecas” não trará resultados. Conhecer bem seu público é fundamental para que você possa oferecer conteúdos e soluções assertivas para ele.

As principais perguntas que você precisa responder são:

  • Quem são meus consumidores?

  • Qual o perfil dos meus consumidores? (sexo, idade, etc.)

  • Quais as principais necessidades desse consumidor que meu produto pode atender?

  • Em quais canais esse consumidor está localizado? Site, Blog, Redes Sociais?

Isso é o mínimo que você precisa saber. Esse é o básico que fará com que consiga criar um conteúdo interessante para seu possível cliente. Em relação ao conteúdo, é necessário que seja interessante, útil e de qualidade.

Se você só ficar divulgando seu produto, dificilmente irá vender. Agora, se criar um conteúdo atrativo, informativo e que ajude de alguma forma o seu possível cliente, ele verá você ou sua empresa como uma referência no segmento, irá confiar em você e passará a considerá-lo.

Recentemente, recebi uma propaganda pelo Whatsapp. Primeiro erro é que este tipo de propaganda foi totalmente invasiva, pois a maioria das pessoas, inclusive eu, utiliza o aplicativo para assuntos pessoais e familiares. Segundo erro é que a propaganda era sobre uma “cinta modeladora”, um produto para modelar o corpo, direcionado à mulheres. Haja visto que além dos usuários deste produto serem mulheres, em nada me interessa tal produto.

Ou seja, recebi uma propaganda por onde não gostaria de receber e sobre um produto que eu não tenho interesse. Resultado: bloqueei o contato. Se a empresa criasse um conteúdo do tipo: “Veja por que a cinta modeladora é ideal para grávidas que querem dar um jeito na cinturinha pós-parto”, e claro, acertasse no público alvo (mulheres mães), com certeza a efetividade seria muito maior.

O conteúdo deveria mostrar quais as vantagens e benefícios que o usuário terá se utilizar, mostrar em detalhes o funcionamento, exibir fotos de usuários antes e depois de utilizá-lo, sempre focando na transformação que o consumidor terá após adquiri-lo. Esse tipo de conteúdo de qualidade deve ser publicado no seu website, blog, redes sociais e até mesmo no seu canal do Youtube, pois assim esses canais começam a ganhar relevância diante dos buscadores. Assim, quando um usuário realizar alguma busca relacionado a seu produto, você poderá aparecer nas buscas exibindo este conteúdo bem planejado para possíveis clientes.

É um ciclo. É um ativo que você estará criando para sua empresa. Pois o conteúdo sempre estará disponível, 24 horas por dia, independente de onde seu possível cliente esteja buscando. Há uma frase que gosto muito: “A melhor época para plantar uma árvore foi 10 anos atrás!”. A mesma coisa se aplica a conteúdos. Comece a produzir conteúdos agora mesmo!

Você pode encontrar mais informações sobre Marketing Digital no meu website, www.darlanevandro.com.br



Darlan Evandro

Profissional de Marketing, apaixonado por ferramentas digitais e comportamento do consumidor. Graduado em Marketing e Propaganda e MBA em Gestão de Negócios. Experiência em Marketing On e Off-line atuando no segmento desde 2010.

Email:contato@darlanevandro.com.br

Site: www.darlanevandro.com.br

0 visualização

SINDICATOS

© 2018 por Revista Elevador Brasil